Reação osteogênica na cintilografia óssea



A cintilografia óssea é um exame de medicina nuclear que avalia o esqueleto como um todo em busca de locais que apresentem alteração no metabolismo ósseo, ou reação ostegênica. Esse exame é realizado na pesquisa de diversas doenças como infecção óssea, tumores ósseos e outras. Ele permite, por exemplo, identificar locais do esqueleto com suspeita de tumores ósseos que precisem ser investigados pelo oncologista ortopédico.

A cintilografia óssea é indicada na suspeita de metástases provenientes de câncer de próstata, câncer de mama, câncer de pulmão e muitos outros tumores.

A literatura internacional nos mostra que aproximadamente 70% dos pacientes portadores de tumores malignos em algum momento irão desenvolver metástases ósseas. Dessa forma é muito importante que pacientes oncológicos realizem a pesquisa de metástases no esqueleto. A cintilografia óssea é um dos exames de melhor sensibilidade para detectar situações suspeitas destas lesões. Ela permite a avaliação do esqueleto do paciente como um todo, e diante da suspeita de metástase procede-se com a investigação adicional do local utilizando-se a ressonância magnética ou a tomografia computadorizada.