Dor nas costas

Alguns tópicos frequentes sobre esse grande incômodo.


Dor nas costas é algo normal?


Apesar da "dor nas costas" ser comum, sentir dor nunca é normal. A dor é gerada quando há algo de anormal conosco e serve como um alerta de que algo não está indo tão bem.


Geralmente as dores nas costas tem uma causa identificável: uma contratura muscular, doença degenerativa dos discos e sobrecarga ligamentar são alguns exemplos.


Dor nas costas pode ser algo grave?


Sim, e devemos nos atentar para causas mais graves principalmente quando as dores vem acompanhadas de sinais de alarme.


O que e quais são os sinais de alarme?

Sinais de alarme são sintomas que podem, associados à dor, representar doenças mais sérias da coluna e que, por isso, merecem atenção redobrada. Alguns deles são:


- Histórico de câncer;

- Febre (principalmente à tarde/noite);

- Uso contínuo de corticoides;

- Dor após trauma recente;

- Pacientes com menos de 18 anos;

- Pacientes com mais de 55 anos;

- Dores que irradiam para as pernas;

- Perda de peso inexplicada;

- Dores que acordam o paciente durante a noite;


O que fazer ao apresentar sinais de alarme?


Qualquer paciente com dor nas costas deve consultar um ortopedista e relatar seu histórico e sintomas. Pacientes que, além da dor nas costas, apresentam um ou mais sinais de alarme, devem fazer isso o quanto antes.


Em alguns casos exames complementares serão necessários, em outros não. Com a história do paciente e um exame físico detalhado, com alguns testes específicos, já possuímos artifícios suficientes para determinar o tratamento com segurança. Exames como ressonância magnética e radiografias da coluna também podem contribuir, confirmando a impressão do médico.


Posso fazer atividade física se tenho dores nas costas?


Sendo a dor um aviso que algo está errado, não é recomendável realizar atividade física, pois vamos forçar uma região já sobrecarregada. Quaisquer exercícios que exacerbem ou predisponham o aparecimento da dor devem ser evitados enquanto o paciente estiver em tratamento. Quanto antes o iniciar o tratamento, antes estará em boas condições para retomar a prática de esportes.


Dor nas costas tem tratamento?

Sim!

Felizmente os tratamentos para as dores nas costas avançaram muito ao longo do tempo. Isso se deu, principalmente, pelo maior entendimento das doenças da coluna.

Dentre os tratamentos, existem várias opções para os mais diversos tipos de causas; desde acupuntura, uso de anti-inflamatórios e fisioterapia até terapias um pouco mais invasivas, variando caso a caso.


Em pacientes com indicações específicas, quando há falha do tratamento com fisioterapia e medicações, há a possibilidade de um procedimento chamado INFILTRAÇÃO (saiba mais).


É uma técnica minimamente invasiva, utilizada principalmente na região lombar, feita sob leve sedação em ambiente seguro (centro cirúrgico) e o paciente recebe alta hospitalar no mesmo dia.


Durante a infiltração de coluna é injetada uma pequena quantidade de medicação diretamente sobre o local que causa a dor, tendo um grande efeito de melhora.

Trata-se de um procedimento simples, rápido, com baixa taxa de complicação e que produz resultados satisfatórios quando bem indicado.


Em caso de dor nas costas, procure sempre o ortopedista. Ele pode realizar uma avaliação e esclarecer suas dúvidas.