skip to Main Content

Como é feito o diagnóstico do Câncer Ósseo?

Como é feito o diagnóstico do Câncer Ósseo? | Dr. Davi Bellan

É necessário realizar uma profunda investigação para alcançar o diagnóstico dos tumores ósseos de forma precoce e correta.

O primeiro passo é o exame clínico. O primeiro sintoma costuma ser a dor. Como dores articulares são muito frequentes não é raro que o paciente seja inicialmente tratado como uma tendinite ou algum diagnóstico convencional ortopédico.

Durante a consulta, observamos os sinais e sintomas apresentados pelo paciente. Informações sobre o histórico clínico também são importantes.

A partir disso, serão solicitados:

  • exames de sangue e de imagem como raio-x;
  • cintilografia óssea;
  • ressonância magnética
  • tomografia para descobrir se realmente há um tumor, qual tamanho, tipo e localização.

Com a combinação de todas essas informações é possível fechar o diagnóstico do paciente. Em alguns casos a biópsia é necessária para então iniciar um protocolo de tratamento adequado.

Importante ressaltar que o diagnóstico precoce aumenta as chances de tratamento menos invasivos e com mais chances de cura.

Fique atento e cuide da sua saúde!

Este artigo tem 0 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
plugins premium WordPress